UNIVERSIDADE  |  Desenvolvimento Econômico, Tecnologia e Inovação

Região do Oeste do Paraná é exemplo de incentivo à Inovação Tecnológica

30 DE JUNHO DE 2019

Em 23 de dezembro de 2016 foi assinada a Lei Complementar nº 90 do Município de Cascavel/PR. A lei dispõe sobre medidas de incentivo à inovação e à pesquisa científica e tecnológica e consiste em mais uma ação diferenciada do município visando incentivar a inovação na cidade. A lei municipal pode ser considerada um dos principais destaques para o reconhecimento nacional e internacional da cidade de Cascavel nesta área.

 

 

 

As Instituições de Ensino Superior também foram relevantes na organização e promoção dos eventos. São diversas instituições de ensino que participam e dão apoio, dentre elas a Unioeste, a Unipar, a Uniamérica e a Unila. As Feiras têm sido importantes para o setor acadêmico pois proporcionam a exposição de diversos projetos de pesquisa e extensão, que podem angariar recursos e reconhecimento. Por exemplo, três projetos da UNILA foram premiados na décima edição do InnovaCities, sendo esses: o projeto Índice de Preços, coordenado pelo professor Henrique Coelho Kawamura; o projeto Lixo Zero, do Observatório Ambiental; e uma pesquisa sobre sobre gerador termoelétrico.

Já o apoio internacional ocorre por meio de duas principais entidades. A primeira delas é a International Federation of Inventors’ Associations (IFIA), formada por associações da Dinamarca, Finlândia, Alemanha, Grã-Bretanha, Noruega, Suécia e Suíça. A IFIA é composta por associações de inventores, fundações, empresas, universidades e centros de pesquisa, todos colaborando juntos para difundir a cultura de inovação e invenção à nível internacional. A entidade atua em diversas frentes, sendo que suas ações são separadas em: proteção de inventores, apoio a associações de invenção, patrocínio de eventos e interação com os governos.

A segunda entidade internacional é a Lifelong Kindergarten (MIT Media Lab), um grupo inserido dentro do laboratório de mídia do Massachusetts Institute of Technology (MIT). O MIT Media Lab tem como principal objetivo a criação de tecnologia e o seu fomento e o grupo Lifelong Kindergarten está voltado para o desenvolvimento de ferramentas para levar a aprendizagem criativa às escolas. O laboratório apoia, hoje, mais de 80 membros e possui um orçamento anual de quase 75 milhões de dólares para o apoio à pesquisa e à inovação tecnológica.

Essa parceria conta com o apoio do Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (IBCT), o qual é o responsável pelo desenvolvimento de infraestrutura de informação em ciência e tecnologia, bem como pela integração desse conhecimento por meio de plataformas de dados e outros serviços. A EEN Brasil, que consiste em um núcleo da Enterprise Europe Network, também tem sido relevante nesta cooperação ao projetar e dar visibilidade às instituições brasileiras no mercado internacional, além de auxiliar na concretização de novas parcerias e na atração de investimentos.

Assim, verifica-se que ações municipais, que buscam o desenvolvimento local, também podem se alinhar aos interesses internacionais e usufruir dessas experiências, trazendo novas oportunidades de parcerias, empreendedorismo, inovação e projeção internacional no longo prazo.

Foi a partir da Lei Municipal de Inovação, como é conhecida, que houve a mobilização de diversos setores locais para organizar dois eventos principais na cidade: a Feira Technovação e a InnovaCities. A 1ª Feira de Inovação de Cascavel (Technovação) ocorreu em 2018 e foi realizada junto com a 10ª InnovaCities – Feira Internacional de Ciências Aplicadas, Invenções, Inovações e Negócios. 

Cascavel tem buscado criar uma identidade

de cidade

inovadora.

A atuação municipal tem proporcionado valiosas oportunidades de investimento

nesta área.

Como forma de incentivar a participação de empresas e instituições e gerar reconhecimento, o evento premiou as empresas e pessoas mais inovadoras do Oeste do Paraná. De acordo com os principais veículos de comunicação, é notório o objetivo de promover discussões locais atreladas à temática da tecnologia, bem como viabilizar a captação de recursos e a elaboração de projetos voltados para o desenvolvimento econômico local e da região Oeste do Paraná. Observa-se assim que a atuação municipal tem proporcionado valiosas oportunidades de investimento nesta área.

Tais eventos visam projetar a imagem da cidade e atrair educadores, empreendedores, estudantes, empresários e a comunidade interessada como um todo. Com isso, Cascavel tem buscado criar uma identidade de cidade inovadora. Os espaços de divulgação dentro das feiras são ocupados por empresas das áreas de tecnologia, automação, robótica e incentivo ao empreendedorismo.

O apoio dessas instituições internacionais concretizam a relevância da promoção de eventos como estes, que capturam recursos

por meio da exposição

de projetos pioneiros

para a sociedade, os empreendedores e os desenvolvedores.

O apoio dessas instituições internacionais concretizam a relevância da promoção de eventos como estes, que capturam recursos por meio da exposição de projetos pioneiros para a sociedade, os empreendedores e os desenvolvedores. Além disso, o estado do Paraná ainda se destaca na área de tecnologia realizando outras cooperações colaborativas e estratégicas com o intuito de internacionalização de companhias brasileiras. Essas ações acontecem principalmente por meio da parceria entre a Assespro-Paraná – uma entidade que promove o empreendedorismo e a inovação no Paraná a partir de fornecimento de informações e networking – e a Enterprise Europe Network (EEN), criada pela Comissão Europeia em 2008 e que tem como objetivo o incentivo ao crescimento de pequenos e médios negócios a partir da transferência de tecnologia, da inovação e da internacionalização.

© 2019 por Internacionalização Descentralizada em Foco - IDeF.

  • Branca Ícone Instagram
  • Branco Facebook Ícone