NORDESTE  | Pandemia

Desenvolvimento Econômico Pós-pandemia. O que é necessário fazer? Leia a carta aberta escrita por Pollyanna Dutra

download.jpg

por POLLYANNA DUTRA

Deputada Estadual pela Paraíba

8 DE NOVEMBRO DE 2020

É fato que as transformações econômicas naturalmente implicam em transformações políticas. Atualmente, temos experienciado uma das piores crises já vividas, um vírus que parou o mundo, limitou a economia e colapsou o sistema de saúde. Aqui, já podemos observar os impactos socioeconômicos advindos disso tudo: explosão do déficit público, redução da produção, aumento da atividade informal e precarização das atividades sem direito algum, fenômeno que ficou conhecido como “uberização das relações de trabalho”.

Os custos da pandemia, contudo, são mais altos do que possamos imaginar, pois, apesar do forte impacto na área, eles vão além dos efeitos econômicos. A pandemia evidenciou problemas sociais com os quais, até então, convivíamos, mas eram deixados à margem da sociedade. Desde o preconceito de gênero, raça, cor e credo, até mesmo a própria desigualdade socioeconômica. Em um momento no qual tudo parou, isso passou a ser alvo, inclusive, da prática de ações politiqueiras que levam cada vez mais à descrença da população na importância da política para a transformação social. Isso tudo associado a uma falta de coordenação institucional da pandemia. Mediante a inexistência de um protocolo único, cada ente federativo agiu de forma independente, o que alargou uma crise que já alcançava proporções globais.

A pandemia irá passar, mas os seus efeitos irão perdurar, motivo pelo qual é imprescindível que mudanças de paradigmas se originem nas escolas, com a formação ética e cidadã do nosso povo. Uma educação que proporcione mudanças não só de conhecimento, mas também estruturais, incorporando desde conceitos econômicos até conceitos sociais, que quebrem estruturas de subordinação, proporcionando a todos uma nação verdadeiramente livre e capaz de superar todos esses desafios.

Foto: Leo Caldas/Folhapress. Pandemia no cotidiano do sertão da Paraíba.

As soluções para esse momento estão indubitavelmente subordinadas à ação e às decisões políticas. É necessário melhorar o gasto público em áreas estratégicas, investimentos que gerem mais emprego e crédito, ação coordenada dos entes federativos. É preciso evoluir, mas é imprescindível mudar alguns paradigmas, exigir alternativas sustentáveis e readequar o mercado para convivência harmônica com a natureza.

As mudanças climáticas e a perda devastadora da biodiversidade continuam sendo as maiores ameaças à humanidade. Temos uma agenda global a cumprir. Os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável afirmam que, para pôr o mundo em um caminho sustentável, é urgentemente necessário tomar decisões ousadas e transformadoras. Para isso, Paz, Pessoas, Planeta, Prosperidade e Parcerias precisam estar no eixo de qualquer transformação que exija valores globais.

Foto: Leo Caldas/Folhapress. Pandemia no cotidiano do sertão da Paraíba.

É hora de solução, determinação e liderança decisiva. Mudar nosso padrão de consumo é imperativo para o êxito desse processo. A sustentabilidade deverá ser o centro dos negócios responsáveis, pois a natureza é o verdadeiro motor da nossa economia. Nossas histórias de produção sustentáveis deverão ser mais valorizadas no mundo globalizado. Nosso capital natural será procurado pelas lentes do mercado globalizado sustentável, pois as pessoas querem mais confiança nos alimentos que irão consumir. Produtos deverão estar rastreados da produção ao mercado. As escolhas serão mais sustentáveis.

Certamente, haverá uma aliança global, sem precedentes, indicando caminhos mais saudáveis. O mundo precisará de líderes que levem adiante essa demanda e, verdadeiramente, levem o país de volta aos caminhos do desenvolvimento e da superação no período pós-pandemia.

Pollyanna Dutra é deputada estadual e está em seu 1º mandato na Assembleia Legislativa da Paraíba. Ela já foi prefeita, por dois mandatos, do município de Pombal, Sertão da Paraíba, posição na qual recebeu destaque e inúmeras premiações em nível nacional e internacional, representando, inclusive, o Brasil na Organização das Nações Unidas (ONU).

Na Casa de Epitácio Pessoa, Pollyanna Dutra foi eleita como deputada destaque pela imprensa especializada no ano de 2019, seu primeiro ano de mantado. Com intensa atuação, a parlamentar atualmente é presidente da principal Comissão da ALPB, a  Comissão de Constituição Justiça e Redação (CCJ); presidente da Frente Parlamentar pelo Desenvolvimento do Semiárido; vice-presidente da Comissão de Relações Internacionais de Negócios; vice-presidente da Frente Parlamentar de Empreendedorismo e Desenvolvimento Econômico; bem como integra diversas outras frentes e comissões da Casa.

Nesse período de pandemia, a parlamentar integra a Comissão de Fiscalização de Entes Públicos em Estado de Calamidade Pública. Somente durante esse período, a parlamentar propôs cerca de 200 matérias com foco no enfrentamento e na mitigação dos efeitos da Covid-19, além de diversas outras matérias com o intuito de dar respostas para esse período desafiador para todos os paraibanos.

© 2020 por Internacionalização Descentralizada em Foco - IDeF.

  • Branca Ícone Instagram
  • Branco Facebook Ícone